Ao Sentir Cheiro de Floresta

Mariana Manhães



ARTE CONTEMPORÂNEA, PROCESSO CRIATIVO, ACOMPANHAMENTO, ARTISTAS, FLORESTA


                 MATRÍCULA                
MATRÍCULA PARA BOLSISTAS


DINÂMICA


Acompanhamentos individuais com debates coletivos em aula



PÚBLICO


Indicado para pessoas com processos artísticos em andamento



QUANDO


06 de janeiro a 08 de dezembro
Quartas, de 19h às 21h



VALOR


R$ 380,00 / mês



RECURSOS NECESSÁRIOS


Acesso à internet

Computador ou celular com câmera



                 MATRÍCULA                  
MATRÍCULA PARA BOLSISTAS


SOBRE


Os artistas participantes deste curso têm em comum o fato de suas pesquisas tangenciarem uma das mais importantes imagens primordiais que nós, seres humanos, guardamos em nossa memória: a Floresta.

A Floresta que imaginamos pode ser desconhecida, amiga, onírica, assombrosa, um habitat de seres antigos e de novas mutações, de abrigo numa velha casa de madeira ou de grandes clareiras de onde se pode observar o céu. É no solo fértil da Floresta que se fincam as raízes da imaginação humana – os fungos brotam dos troncos úmidos das árvores e das plantas, deixando que vislumbremos um pouco da inteligência de um sistema de conexões ao qual não temos acesso com nosso raso conhecimento humano.

Envolvidos por esse devaneio, e tão próximo a autores como Bachelard, nós, artistas, nos encontramos todas as quartas-feiras à noite, quando a escuridão evoca o mundo onírico de uma maneira mais contundente e intensa. Com imaginação imensa, contamos histórias de Floresta que perpassam nossos trabalhos, independentemente do tipo de mídia e matéria, e falamos sonhos que nos fazem sentir o cheiro de Floresta.

 

CONTEÚDO


A intenção é promover um espaço de convívio e troca de ideias entre os participantes do grupo, de maneira a ajudá-los a refletirem sobre os caminhos possíveis de seus processos artísticos.

Seguindo uma agenda pré-estabelecida com o grupo, e buscando orientar os artistas participantes, a cada aula teremos apresentações individuais de trabalhos, projetos em andamento, ou discussões sobre temas (leituras, filmes etc.) que o grupo queira realizar. Estamos também abertos a novos formatos de usar o meio online para discutir ideias relacionadas ao curso.

O ponto de partida desse curso é a imagem de Floresta, portanto este será um tema recorrente nas aulas e pede-se que os interessados tenham isso em mente no ato da inscrição.


REFERÊNCIAS


AIRA, César. Um Acontecimento na Vida de um Pintor Viajante. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2006.

BACHELARD, Gaston. A Chama de uma Vela. Rio de Janeiro: Bertrand, 1989.
_________. A Poética do Devaneio. São Paulo: Martins Fontes, 2006.
_________. A Terra e os Devaneios da Vontade. São Paulo: Martins Fontes, 2001.
_________. A Terra e os Devaneios do Repouso. São Paulo: Martins Fonte, 2003.
_________. A Poética do Espaço. São Paulo: Martins Fontes, 2003.
_________. O Ar e os Sonhos. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

BERGER, John. Why Look at Animals? Londres: Penguin Books, 2009.

BORGES, Jorge Luis. O Livro dos Seres Imaginários. Rio de Janeiro: Companhia das Letras, 2007.

CARROLL, Lewis. Alice no País das Maravilhas. São Paulo: Cosac Naify, 2009.

CASTRO, Marcílio França. Breve Cartografia de Lugares Sem Nenhum Interesse. Rio de Janeiro: Editora 7 Letras, 2011.

ECO, Umberto. História das Terras e Lugares Lendários. São Paulo: Editora Record, 2013.

ENDE, Michael. A História sem Fim. São Paulo: Martins Fontes, 2016.

GRIMM, Jacob; Grimm, Wilhelm; Contos Maravilhosos Infantis e Domésticos. São Paulo: Cosac Naify, 2015.

HARRISON, Robert Pogue; Forests: The Shadow of Civilization. Chicago: University of Chicago Press, 1993.

HENDERSON, Caspar. The Book of Barely Imagined Beings: a 21st Century Bestiary. Londres: Granta Books, 2013.

KAFKA, Franz. A Construção; in: Um Artista da Fome / A Construção. São Paulo: Companhia das Letras,1998.

LIPPARD, Lucy R.; Overlay: Contemporary Art and the Art of Prehistory. Nova Iorque: New Press Editions, 1995.

SAX, Boria; Imaginary Animals: The Monstrous, the Wondrous and the Human. Londres: Reaktion Books, 2013.

SJÓN. A Raposa Sombria; São Paulo: Hedra, 2013.

SCHAMA, Simon. Landscape and Memory. Nova Iorque: First Vintage Books Editions, 1996.

THOREAU, Henry David. Walden. Porto Alegre: L&PM, 2016.

WOHLLEBEN, Peter. A Vida Secreta das Árvores. Rio de Janeiro: Editora Sextante, 2017.


Filmografia sugerida e não-obrigatória

Amantes Eternos. Direção de Jim Jarmusch, 2013.

Border. Direção de Ali Abbasi, 2018.

Cave of Forgotten Dreams. Direção de Werner Herzog, 2011.

Into the Inferno. Direção de Werner Herzog, 2016.

La Belle Noiseuse. Direção de Jacques Rivette, 1991.

Labirinto do Fauno, O. Direção de Guillermo del Toro, 2006.

Orlando. Direção de Sally Potter, 1992.

Paterson. Direção de Jim Jarmusch, 2016.

Piano, O. Direção de Jane Campion, 1993.

Sonhos. Direção de Akira Kurosawa, 1990.

Stalker. Direção de Andrei Tarkovsky, 1979.

The Limits of Control. Direção de Jim Jarmusch, 2009.





Realização


Apoio Cultural

Apoio



Patrocínio