Fotografia ArteVida: Histórias e Experiências

Simone Rodrigues


HISTÓRIA DA FOTOGRAFIA, LINGUAGEM FOTOGRÁFICA, NARRATIVAS SUBJETIVAS, FOTOMONTAGEM, IMAGENS HÍBRIDAS, CORPO, MEMÓRIA E IDENTIDADE


                 MATRÍCULA                
MATRÍCULA PARA BOLSISTAS



DINÂMICA


Aula expositiva em videoconferência

Exercícios semanais com acompanhamento coletivo em aula

Compartilhamento de referências semanais com debates coletivos em aula

Acompanhamentos individuais com debates coletivos em aula



PÚBLICO


Indicado para pessoas interessadas em desenvolver processos artísticos e para pessoas com processos artísticos em andamento

Não exige conhecimentos prévios



QUANDO


04 de maio a 22 de junho.
Terças, de 19h às 21h



VALOR


R$ 700,00 ou 2x de R$ 350,00



RECURSOS NECESSÁRIOS


Acesso à internet

Computador ou celular com câmera

Câmera fotográfica

Materiais intrínsecos aos processos poéticos pretendidos



                 MATRÍCULA                
MATRÍCULA PARA BOLSISTAS

SOBRE


O curso vai realizar um passeio por temas da história da arte através da fotografia, enquanto propõe exercícios criativos e acompanha a produção dxs alunxs. Procura se contrapor às tendências da banalização da imagem nas redes sociais (seja pela repetição e excesso de exposição, seja pelo esvaziamento dos seus significados na vulgarização dos clichês) para afirmar as potências da arte como pensamento e da vida como desejo. Na linha de abordagem das “histórias” da fotografia, vai tratar dos usos e funções dessa arte-técnica nas sociedades moderna e contemporânea, verificando como suas práticas estiveram associadas ora à afirmação libertária da vida, ora às forças niilistas sob os ditames dos sistemas de representação opressores. No processo das experimentações, as imagens fotográficas serão produzidas e analisadas em torno dos seguintes eixos temáticos: corpo, memória e identidade.


CONTEÚDO


Fotografia como linguagem: heranças e rupturas na história das artes visuais. Usos e funções sociais da fotografia na sociedade moderna e contemporânea: as diferentes práticas nos circuitos da arte, documentação, comércio, ciência e comunicação. O dispositivo fotográfico e seus potenciais de reinvenção dos paradigmas da representação: espaço-tempo, mimese-abstração, corpo-imagem, identidade-alteridade, percepção-interpretação, etc. A fotografia como instrumento privilegiado das estratégias de aproximação entre arte e vida na arte contemporânea. As espirais do processo crescente de massificação. A ubiquidade da fotografia na cultura visual contemporânea, a fotografia vernacular e o desafio político da alfabetização visual “reclamados” por Benjamin e Moholy-Nagy. Desenvolvimento de projetos em torno da fotografia (incluindo suas formas híbridas) a partir da produção dxs alunxs e dos exercícios propostos pela professora.


REFERÊNCIAS


BENJAMIN, Walter. Obras Escolhidas, vol.1: Magia e Técnica, Arte e Política. São Paulo, Brasiliense, 1994.

CAMPANY, David. Art and Photography. Phaidon Press, London, 2003.

FONTCUBERTA, Joan. A Câmera de Pandora – A fotografia depois da fotografia. Barcelona Editorial Gustavo Gili, 2010.

HALL, Stuart. Cultura e Representação. Rio de Janeiro: PUC-Rio: Apicuri, 2016.

MACHADO, Arlindo. A Ilusão Especular. São Paulo, Brasiliense, 1984.

WOOD, Paul. Arte Conceitual, São Paulo, Cosac & Naify, 2007.

SONTAG, Susan. Ensaios sobre fotografia. Rio de Janeiro, Arbor, 1981.

SHORT, Maria. Contexto e narrativa em fotografia. Barcelona, Editorial Gustavo Gili, 2013.







Realização


Apoio Cultural

Apoio



Patrocínio